Tocando agora:

...

...

Noel Gallagnher, ex-Oasis, é contra o uso de máscara e diz: “Não me importo”

16 de setembro de 2020

O guitarrista Noel Gallagher que fez parte da icônica banda inglesa Oasis, disparou que não irá usar máscara para prevenir o contágio do novo coronavírus.

Ao participar do podcast “The Matt Morgan”, Gallagher disse que essa história é uma palhaçada. “Você tem que usar máscara para ir a uma loja, mas você pode ir pra porra do pub e ficar rodeado de todos os idiotas sem máscara. Sabe o que eu quero dizer? É tipo assim, ‘na verdade o vírus não existe nos pubs mas existe na loja de departamentos Selfridges?.”

Ele também minimizou a gravidade do novo coronavírus, que, em números oficiais e confirmados, já causou pelo menos 927 mil mortes em todo o mundo, além de infectar mais de 29 milhões de pessoas.

“Não dou a mínima. Escolho não usar e se eu pegar o vírus, não está em mais ninguém”, afirmou, ignorando o fato de que o vírus se prolifera, justamente, pelo contágio a partir de pessoas infectadas em interação com outros saudáveis.

O apresentador do programa disse então que máscaras estão ajudando a conter o vírus e salvar vidas, e Gallagher alegou que isso “não é uma lei”, apesar de efetivamente ser:

“Ouça, isso não é uma lei. Há muitas liberdades sendo tiradas de nós nesse exato momento. Se todo mundo estiver usando uma máscara eu não vou pegar deles, e se eu tiver, eles não irão pegar de mim. Eu acho que é uma tiração de sarro.”

É praticamente unânime, entre autoridades da saúde no mundo todo, que o uso de máscaras ajuda a frear o contágio pelo novo coronavírus. No Brasil, a proteção foi adotada como política de saúde pública no fim de abril, com regras que recomendam ou obrigam a adoção deste recurso contra a doença.

O vídeo da entrevista acabou sendo retirado do ar – provavelmente, devido à repercussão negativa.