Tocando agora:

...

...

Morre aos 78 anos o organista Lafayette Coelho

31 de março de 2021

Morreu de pneumonia, nas primeiras horas de hoje, quarta-feira (31), aos 78 anos, Lafayette Coelho.
O organista que ficou famoso acompanhando Roberto Carlos, nos tempos da Jovem Guarda. Carioca, fazia parte da turma da Rua do Matoso, no Rio Comprido, onde jovens fãs de Rock and Roll deram início ao movimento.
Lafayette ajudou a dar forma ao som do iê-iê-iê brasileiro, tocando seu órgão Hammond B-3 em discos de Roberto e Erasmo Carlos. Como solista, à frente de Lafayette e Seu Conjunto, fez muito sucesso também. Lançou mais de trinta LPs com versões instrumentais de hits dos mais variados gêneros.
Lafayette e seu órgão imprimiam estilo próprio a qualquer música, qualquer ritmo. Nos anos 2000, depois de um período semiesquecido pelos grandes nomes de seu tempo, ele foi apadrinhado por uma nova geração de roqueiros.
Gravou mais dois álbuns e fez dezenas de shows como Lafayette e os Tremendões, acompanhado por Gabriel Thomaz, Erika Martins, Melvin Ribeiro, Renato Martins e André Nervoso.
Lafayette tinha problemas renais, fazia hemodiálise, e estava afastado dos palcos desde 2017.