Tocando agora:

...

...

Ed Kowalczyk, vocalista do Live, demite guitarrista da banda

21 de junho de 2022

O Live, banda que alcançou enorme sucesso na década de 90, tem enfrentado alguns problemas com seus integrantes nos últimos anos. O vocalista Ed Kowalczyk, que retornou ao grupo em 2016, revelou nas redes sociais que o grupo não estava conseguindo seguir em frente por conta de inúmeros desentendimentos entre os membros. Recentemente o frontman respondeu um fã no Instagram e revelou o motivo pelo qual não estava trabalhando em novas músicas ou investindo em uma carreira solo. “Eu adoraria me apresentar – mas não é possível na situação atual da banda.”, afirmou o cantor. “Os outros três membros originais não estão se falando – e estou preso no meio disso – e se eu tento ir sozinho, há uma boa chance de que eles me processem novamente – então tenho que fazer o que é melhor para mim e minha família e tentar ficar fora de litígios, não me apresentando em público. ”, concluiu.

Porém, parece que a situação mudou rapidamente esta semana. Segundo um post do vocalista, agora, ele tem participação majoritária na banda, e o guitarrista Chad Taylor, integrante de longa data do grupo foi demitido.  “A partir de ontem à noite (20), eu possuo 55% do Live. Chad Taylor foi demitido. Ele nunca mais vai parar a música. Obrigado a todos pelo seu incrível amor e apoio. Chorei várias vezes ontem lendo seus comentários e mensagens. Isso realmente significa o mundo para mim e agradeço a todos vocês do fundo do meu coração. ”, escreveu Kowalczyk. A formação atual do Live agora conta com Patrick Dahlheimer no baixo, Chad Gracey na bateria e Ed Kowalczyk nos vocais e guitarra.