Tocando agora:

...

...

David Byrne sobre coronavírus: “uma mudança de mentalidade”

30 de março de 2020

David Byrne, fundador do Talking Heads, escreveu um artigo de opinião no jornal The Wall Street, discutindo o coronavírus e suas observações sobre o que a pandemia revelou sobre a sociedade moderna.

O ex- líder do Talking Heads se referiu à crise como uma “oportunidade de aprender a mudar nosso comportamento”, observando que “em emergências, os cidadãos podem repentinamente cooperar e colaborar. Mudanças podem acontecer.

É irônico que, quando a pandemia nos força a ficar separados, também está nos mostrando o quão intricadamente todos estamos conectados”, escreveu Byrne. “Ela está revelando as muitas maneiras pelas quais nossas vidas se cruzam quase sem que percebamos. E está nos mostrando o quão tênue nossa existência se torna quando tentamos abandonar essas conexões e nos afastarmos uns dos outros. Assistência médica, moradia, raça, desigualdade, clima – estamos todos no mesmo barco furado. Os vírus não respeitam fronteiras. Eles entram mesmo com triagem extra e restrições de viagem. Talvez menos, mas alguns entram. E até que haja uma vacina, ninguém está imune”, comentou o músico.

O que está acontecendo agora é uma oportunidade de aprender como mudar nosso comportamento. Para muitos de nós, nossa crença no valor do bem coletivo foi soterrada nas últimas décadas. Podemos estar longe demais para testar todas as pessoas assintomáticas, mas uma mudança de mentalidade, na forma como vemos nossos vizinhos, pode lançar as bases para a ação coletiva que precisaremos para lidar com outras crises globais.” continuou.

Você pode ler o artigo completo (em inglês) aqui.

#cidadecontraocoronavirus